As palavras

Palavras doidas, doidas palavras…
Elas podem fazer o seu dia ou acabar com ele.
Às vezes saem sem querer, às vezes sem pensar – e nos momentos em que as queremos mais – elas simplesmente não saem, insistindo em se calar.
Procuramos sempre pelas palavras certas, mas muitas vezes são as erradas que aparecem.
Outras vezes as que saem pela nossa boca não são as que estão em nosso coração.
Quem já não teve algumas palavras entaladas na garganta, um pedido de desculpas, um “eu te amo”, a resposta certa para aquela pergunta simples?
Sempre estamos procurando por elas, pelas palavras certas, mas elas continuam fugindo e deixando em seu lugar outras indesejadas.
Elas se confrontam com as palavras de uns, mas também se confortam nas palavras de outros.
Porém, o bom mesmo é quando elas se encontram, se completam e se aconchegam nos ouvidos de quem sempre esperou por elas.

 

facebooktwittermailby feather

You may also like...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: