A indesejada

A indesejada
Quanto mais você corre para encontrar o fim dela parece que mais a encontra. 
Dizem para não correr atrás do que lhe pertence para que venha até você, mas ficando parado ela vai dominá-lo mais ainda.
Às vezes a queremos, às vezes ela é necessária, mas na maioria das vezes ela é dolorida e indesejada. 
Sua permanência em nossa vida deve ser curta, apenas para colocar certas coisas no lugar. Depois, ela tem que ir e fazer de sua partida um marco de algo extremamente feliz.
Desejo que só os que a mereçam a encontrem e que a esses ela não abandone.
Já aos demais, espero que ela se vá para bem longe e que nunca volte.
Nenhum ser merece sentir sua força, sua crueldade, sua indesejável presença.
Por fim, desejo que todas as pessoas de bom coração nunca mais se lembrem do amargo sentimento que ela traz: a solidão. 
facebooktwittermailby feather

You may also like...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: